Mitologia em Mirandés

Dezembro 27, 2006 às 10:46 am | Publicado em mirandes | 10 comentários

Habendo Jasus nacido an Belen de la Judeia, ne l tiempo de l rei Harodes, uns magos de l Ouriente chegórun a Jerusalen i preguntórun: “adonde stá l Rei de ls judius, que naciu por estes dies? Nós bimos la sue streilha n’Ouriente i benimos pa L’adorar.”Quando soubo desso, l rei Harodes quedou mui albrotado i, cumo el, toda la cidade de Jerusalen. Anton, ajuntou todos ls príncepes de ls saçardotes i ls scribas de l pobo i preguntou-les adonde iba a nacer l Messias. Eilhes respundírun: «An Belen de la Judeia, pus assi fui screbido pul porfeta: “I tu, Belen, tierra de Judá, assi i todo nun sós la más pequeinha antre las prencipales cidades de Judá, pus de ti salirá un Xefe que guiará l miu pobo, Eisrael”».
Anton, Harodes mandou chamar ls magos, an segredo, pa le sacar anformaçones subre la data cierta an que la streilha l’aparecira. Apuis, ambiou-los a Belen, dezindo-le: «Ide i anformai-bos bien subre l Nino. Quando L’achardes abisai-me debrebe pa que tamien you baia alhá a adorá-Lo». Assi que oubírun l rei, metírun-se al camino. I la streilha, que tenien bisto ne l Ouriente, iba delantre deilhes, até que parou mesmo po riba de l sítio adonde staba l Nino.
Quando bírun outra beç la streilha, ls magos quedórun mui cuntentos. I al antrar na casa bírun l Nino cula mai dEl, Marie. Azinolhórun-se delantre dEl i adorórun-Lo. Apuis, abrírun ls sous tesouros i ouferecírun-Le ouro, ansénsio i mirra.Tenendo sido abisados an suonhos pa que nun tornáran por casa de Harodes, eilhes bolbírun pa la sue tierra por outro camino.
Amadeu Ferreira In Mensageiro de Bragança, 02/02/2002

Proverbio (Mirandés)

Dezembro 7, 2006 às 4:01 pm | Publicado em mirandes, proverbio | 23 comentários
(Prendergast)
Se chubir ne l die de Santa Bibiana,

chuobe quarenta dies i ua semana.

Trava-linguas (Mirandés)

Novembro 29, 2006 às 1:41 pm | Publicado em mirandes | 22 comentários
(Fabré)

You sei un niu* de mafalagrifa**,

Cun cinco mafalagrificos;
You iba pa los tirar,
Mas bieno la mafalagrifa
i querie-me amafalagrifar!
*ninho
** pássaro imaginário

La Bicha (Mirandés)

Outubro 23, 2006 às 5:32 pm | Publicado em mirandes | 7 comentários

(Nieto)

Indo you mie sierra arriba
Delantre de l miu ganado
Repicando lo caldeiro
Remendando l miu çamarro
Aparcírun-me siete lhobos
Todos siete na niada
Trazien ua lhoba no meio
Que era mais linda q’a parda.
Tirórun-me ua cordeira branca
Filha dua oubeilha negra
I filha de l melhor maron
Que se passiaba na sierra.
Arriba, arriba, cachorros,
Abaixo, perra gudiana!…
Se m’agarrardes la lhoba
La cena tenereis ganha.
I se nun me l’agarrardes
Cula caiata cenais.
I siete léguas an corrida (han corrido?)
Los mius perros por arada
I al fin de las siete léguas
La lhoba staba cansada.
I toma perro la cordeira,
Lhieba-la pa la piara.
I nun te quiero la cordeira
Que la tenes desfolhada.
I só te quiero la tue çamarra
Para fazer ua albarda.
Toma, pastor, la cordeira
Lhieba-la pa la piara
Porque perros cumo ls tous
Nun los ten lo Rei de Spanha.

[Conhecido também, em Terras de Miranda, pelo nome de “La Bicha”… costuma ser tocado e/ou cantada no campo enquanto se apascenta o rebanho ou no terreiro da aldeia em dias festivos”, in “Cantos da la nuôssa tiêrra. Malhadas. Miranda de’l Douro”, ed. Sons da Terra. Cantos Tradicionais, 4.]

Agosto (Mirandés)

Agosto 3, 2006 às 8:15 am | Publicado em mirandes | 6 comentários

Agosto seca las fuontes
I Setembre ls muontes
.
(Agosto seca as fontes
e Setembro os montes)

Proverbio (Mirandés)

Julho 22, 2006 às 1:11 pm | Publicado em mirandes, proverbio | 4 comentários
(Picasso)
Antre primos i armanos
Nun metas las manos.

(Entre primos e irmãos,
Não metas as mãos)

Proverbio (Mirandés)

Junho 30, 2006 às 9:47 am | Publicado em Uncategorized | 17 comentários
(Marc)
Mais bale um paixarico na mano
Que dous a bolar.
(Mais vale um pássaro na mao
Do que dois a voar)

Provérbio (Mirandés)

Junho 23, 2006 às 10:07 am | Publicado em Uncategorized | 19 comentários

(Porto)
Quien buôna semiênte sembra, bun trigo cuôlhe.
(Quem boa semente semeia, bom trigo colhe.)

Provérbio (Mirandés)

Junho 6, 2006 às 10:36 am | Publicado em Uncategorized | 7 comentários
(Kupka)

Donde hai lúcaros,
num hai escrúpalos.

(Onde há lucros,
Nao há escrúpulos)
Este proverbio era lancado com dedém, em tom de insulto, pelos vendedores de azeite aos vendedores de vinho na minha aldeia, quando em tempos idos, a profissao de almocreve era uma das principais actividades da zona. Os vendedores de vinho tinham a fama de acrescentar a mercadoria com a adicao de água, matéria abundante e grátis. Ja os vendedores de azeite tinham menos sorte no que toca a esses truques de multiplicacao.

Provérbio (Mirandés)

Maio 29, 2006 às 2:05 pm | Publicado em Uncategorized | 10 comentários

Cesteiro que fai un cesto
Fai un ciênto,
Dando-le berga i tiêmpo.

(Cesteiro que faz um cesto
Faz um cento,
Dando-lhe verga e tempo)

Proverbio (Mirandés)

Maio 23, 2006 às 8:17 am | Publicado em Uncategorized | 7 comentários
(Botero)

Comidas finas an corpos gruossos
Fazen mal als uossos.

(Comidas finas em corpos grossos
Fazem mal aos ossos)

Mirandés

Janeiro 17, 2006 às 10:15 am | Publicado em Uncategorized | 2 comentários
Foto de Emmanuel Binol


Janeiro quemiu l sebo al carneiro,
Febreiro quemiu las pulgas
i Março quedou cun las culpas.

…é como tudo! Uns fazem e desfazem, os outros ficam com as culpas (normalmente os pobres…)

Proverbio-Mirandés

Janeiro 12, 2006 às 10:10 am | Publicado em Uncategorized | 11 comentários

Nun te fies an perro que nun lhadra,
Nin an home que nun fala.

(Nao confies em cao que nao ladra
Nem em homem que nao fala)

(Foto de Miguel Costa)

Previsão para o Ano Novo (Mirandés)

Janeiro 1, 2006 às 11:19 am | Publicado em Uncategorized | 12 comentários
Foto de Olli Ilmanen
Janeiro geladeiro,
Abril spiguil,
Maio granaio,
San Joan seca l pan,
Junho fouce al punho
Agosto trilho pul rostro.

Mirandés- Provérbio

Dezembro 26, 2005 às 5:20 pm | Publicado em Uncategorized | 14 comentários

Para o Ano Novo

Quien buôna semiênte sembra,
bun trigo cuôlhe.

(Quem boa semente semeia,
bom trigo colhe)

Página seguinte »

Create a free website or blog at WordPress.com.
Entries e comentários feeds.